robotica-mosca

Pesquisadores israelenses criaram um minúsculo dispositivo que, através de uma pequena incisão na pele, percorre veias e artérias para obter diagnósticos. Além de dispensar procedimentos cirúrgicos invasivos, esse “robô-mosca” pode transportar medicamentos para combater doenças, como tumores, de maneira mais certeira. Baseado na tecnologia MEMS (Micro-Electro-Mechanical Systems), o dispositivo tem apenas 1 milímetro de diâmetro e foi desenvolvido pela equipe do dr. Moshe Shaham, chefe do Laboratório de Robótica do Instituto Technion, de Haifa. Agora, os pesquisadores trabalham num protótipo ainda menor, uma espécie de “robô-pulga”, com 100 micra (0,1 milímetro) de diâmetro. “Esses dispositivos minúsculos mostram que, cada vez mais, estam os no caminho de uma medicina menos invasiva, com medicamentos direcionados para alvos específicos”, diz Shaham.

 

NÃO SEI NÃO MAS… EU NÃO TERIA CORAGEM DE DEIXAR UMA MOSCA ANDAR DENTRO DO MEU CORPO E VOCÊ? TERIA CORAGEM?

Anúncios